Treino de Habilidades – Reforçadores

É muito comum a utilização do termo “reforçador”, “reforçamento”, no contexto de relacionado ao Transtorno do Espectro Autista, em especial, em trabalhos onde se utiliza a análise aplicada do comportamento.

Mas o que são reforçadores? Reforçadores são estímulos emitidos a uma ação (comportamento), produzindo consequências, onde essa ação venha se repetir futuramente, em condições semelhantes.

Quais são os tipos de reforçadores?

Temos os reforçadores positivos e o negativos.

Não se deve confundir a nomenclatura desses, com questões adjetivas de bom ou ruim. Na verdade, é uma relação mais matemática.

O Reforçador Positivo, é a adição de um estímulo no contexto de um comportamento. Já o negativo, a retirada de um estímulo.

  • Ex: Estou com frio, recebo um casaco: R+;
  • Começou fazer calor, retiro o casaco: R-.

Ainda temos os Naturais e os Arbitrários.

Qual a importância da utilização de reforçadores?

Eles são muito importantes no processo de aprendizagem. São recursos fundamentais na modelagem do aprendizado, no aprimoramento de habilidades, para a redução de problemas de comportamentos, principalmente para pessoas com interesses e focos restritos, como é comum em pessoas com TEA

Assista ao nosso vídeo e entenda melhor a importância dos reforçadores no trabalho com crinaças com autismo

Ajude-nos a entregar cada vez mais conteúdos para você. Fortaleça nosso canal no Youtube: inscreva-se, curta e compartilhe os vídeos.

QUERO APOIAR A CAUSA DOS AUTISTAS!